quinta-feira, 21 de junho de 2012

Deslocação matinal de um ser quântico

A esta distância não é perceptível, mas estas linhas de sombra são estradas de informação ultra-rápidas percorridas ininterruptamente por minúsculos seres quânticos (ora estão cá, ora não estão) sempre atarefados na suas deslocações trabalho/casa, casa/trabalho.

O Sr. Qlct' Ptrt, por exemplo, vê-se obrigado todos os dias a utilizar a via mais congestionada para chegar ao escritório, uma comuta que demora uns intermináveis 0,00000012 nanosegundos, mas que lhe permite apanhar a Corrente Telepática Oriental das 5h55m55s. Com essa injecção de velocidade adicional, o Sr. Qlct' Ptrt ainda chega a tempo de relaxar por uns momentos e apreciar a deslumbrante vista que só é possível obter às 6h00 em ponto a partir da 13ª onda do primeiro raio de luz reflectido no 52º parafuso da segunda torre da Ponte 25 de Abril.

(Esta é uma foto da Escultura Habitável instalada no Jardim das Oliveiras do CCB, em Lisboa)

3 comentários:

Baléu disse...

Eu não estou farta de te avisar quanto à cola que usas no escritório?!?!? :-p

Manuel Moreira disse...

Mas olha que a cola é da boa. Queres um bocadinho? ;)

Anónimo disse...

Não vale a pena, afilhado, por mais que me esforce não consigo atingir a tua mestria :-(